Cerca de 1.200 crianças foram resgatadas de escravidão infantil em Londres

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Milhares de crianças foram resgatadas depois de exploradas para o trabalho escravo, para exploração sexual, e violência doméstica, demonstrou um recente relatório.

De acordo com o estudo, mais de 1200 crianças têm sido vitimas de escravidão moderna. Anna Longfield, a comissária de menores, é quem está por trás do relatório e acredita que o número total é provavelmente maior porque existem casos não notificados.

Valonga – Mercado de Escravos no Brasil ( Entre 1550 e 1888)

Longfield pediu aos políticos para agirem.

A escravidão infantil deixa cicatrizes profundas na vida das crianças que sofrem exploração por parte de adultos – isso é apenas uma ponta do iceberg” Disse Longfield, de acordo com o Daily Mail.

Espero que hoje o relatório, destacando o número de crianças em condições de vida vulneráveis, deve servir como estímulo para os políticos agirem.” Referiu a Comissária

De acordo com o relatório que cita o governo Nacional de Mecanismo de Referência (MRN), pelo menos 1203 crianças até aos 17 anos foram encaminhadas para o esquema, mais 901 desde 2015.

Os britânicos representam o maior número de escravos, com um total de 247, 209 para exploração sexual. Os albaneses eram o segundo maior grupo (223), com mais de 150 referidos para o potencial de trabalho infantil. As crianças Vietnamitas ficaram em terceiro, com um total de 200 crianças, metade foram usadas para trabalho de parto forçado.
A primeira ministra Theresa May definiu a escravidão moderna, no ano passado, como “a maior questão de direitos humanos do nosso tempo”, e prometeu 33 milhões de libras (cerca de 42,6 milhões de dólares) para haver uma resposta do governo a esta crise.

Em Abril a comissão de Pensões e do Trabalho no Reino Unido reagiu, pois, o governo não cumpriu com as suas promessas.

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!