Tribunal de Berlim recusa o acesso ao Facebook da filha aos pais

O tribunal de Berlim deixou de lado a esperança de dois conjugues alemães de resolver o mistério da morte da sua filha nas medias sociais.

Na quarta feira o tribunal de Berlim requisitou ajuda ao grande Facebook na batalha de rejeitar o pedido de acesso pelos seus pais ao perfil da sua filha já falecida. A jovem de 15 anos foi morta por um comboio em 2012 e os seus pais tentaram investigar o que motivou o suicídio e possíveis causas, e os rastos que ela deixou antes de o cometer.

Um esclarecimento apriori do tribunal defendeu que os pais têm o direito de ter acesso ao conteúdo da sua filha menor. No entanto a decisão final foi a favor com US online group que argumentou que abrir o acesso da conta para os respectivos parentes iria comprometer a privacidade das pessoas próximas à sua filha.

TheLocal // Expõe

Deixe um comentário

  Subscribe  
Notify of
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!